PIPOCA ENGORDA Ou EMAGRECE ?

Contra A Corrente, Avança A Dieta Com Base Em Gorduras


Se dizem que a balança não mente, desejamos comprovar que os números mentem menos ainda. De acordo com detalhes divulgados pelo IBGE em 2015, nada menos que 56,9% dos brasileiros estão fora da faixa maravilhoso de IMC. Contudo como podemos ter chegado a esses valores no momento em que lemos que no Brasil um em cada 5 mulheres prontamente fizeram mais de 10 dietas na existência, e milhões de reais são gastos todos os anos com produtos light e diet? A conclusão parece ser uma só: dietas não funcionam, pois se o fizessem, não teríamos no país mais de 82 milhões de pessoas com IMC acima de vinte e cinco (acesse como calcular teu IMC impecável).


Prazeroso, se fazer dieta não emagrece, deste jeito por que expor de mais uma? Qual a diferença da dieta paleolítica para as demasiado? E como exatamente dá certo a dieta paleolítica pra perder calorias? Como dissemos acima, se eliminar drasticamente as calorias e atravessar fome adiantasse, não ouviríamos casos de pessoas que de imediato fizeram numerosas dietas todavia mesmo em vista disso voltaram a engordar. Mais difícil que perder gordura, desse jeito, é conservar o ponteiro da balança no território em que ele de fato deveria ficar.


E por que isto acontece? As explicações são as mais variadas, mas o que sabemos é que nosso organismo não reage bem a longos períodos de escassez alimentar. Culpemos nossos ancestrais portanto, entretanto a verdade é que, ao pequeno sinal de redução pela ingestão de calorias, o cérebro emite um sinal pra que o corpo humano pare de gastar tanta energia.


Ao mesmo tempo, recebemos um aviso pra começar a consumir mais calorias pra tentar repor o que está sendo eliminado dos estoques de energia do corpo humano. Traduzindo: ao longo da dieta, o corpo humano entra em “estado de sobrevivência”, e passa a acumular tudo o que você consome. E pior: ainda aumenta o apetite.


Dieta → queda no metabolismo → problema pra perder gordura → apetite nas alturas → problema pra escoltar o regime → compulsão alimentar → responsabilidade → dieta → repita. E como quebrar este círculo vicioso? Parando de fazer dietas que realizam você atravessar fome e consumindo alimentos que exercem bem ao organismo.



Apesar do nome, a dieta paleolítica - ou dieta paleo, como também é conhecida - não é propriamente uma dieta, mas sim um modo alimentar. A denominação se menciona ao jeito como nossos ancestrais se alimentavam na Era Paleolítica, um momento que abrange de três milhões atrás até pode volta de 10 1 mil anos antes de Cristo. Pense do que se alimentavam os “homens das cavernas”, no momento em que não existiam máquinas para agricultura, utensílios pra culinária e muito menos alimentos industrializados?


Com toda certeza, nada de cereais e grãos, em razão de não podiam cozinhar. Açúcar, massas e queijos assim como não entravam pela dieta de nossos antepassados, que só poderiam comer aquilo que caçavam ou coletavam. Assim sendo, a dieta paleolítica propõe uma alimentação baseada em tudo que tínhamos o costume de consumir milhares de anos atrás. Segundo os criadores da dieta paleo, nosso organismo não estaria geneticamente adaptado a consumir boa quantidade do que colocamos no prato atualmente.


Este descompasso entre a alimentação moderna e a “configuração” do nosso corpo seria, ainda de acordo com os defensores dessa filosofia alimentar, o responsável pela atual epidemia de obesidade. A dieta paleolítica serve pra melhorar a saúde, e a perda de peso acaba sendo secundária. Com a eliminação de opções pouco saudáveis, como alimentos açucarados e recheados de aditivos, o corpo tende a se reequilibrar e otimizar o metabolismo.


Alguns dos proveitos da dieta paleo adicionam melhor controle da glicemia, redução do apetite, suave alcalinização do corpo humano e diminuição das inflamações. A principal premissa da dieta paleolítica é consumir alimentos naturais que faziam parcela da dieta do homem antes do surgimento da agricultura. Como pela caverna não se contavam calorias, a dieta paleo também prega a alimentação sem um controle rígido da quantidade do que se coloca no prato. O mais respeitável é o tipo de alimento - e não teu valor energético.



Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *